Modelo de Contrato de Aluguel de Imóvel Residencial


ImovelResidencial

Modelo de Contrato de Aluguel Residencial – Ref. 201

R$24,90

Para um dono de uma casa ou apartamento que deseja obter renda mediante aluguel do imóvel, é recomendável estabelecer um contrato por escrito de alta qualidade com seu locatário. Em linguagem simples, este contrato de aluguel identifica o imóvel a ser locado e determina as obrigações de locador e locatário, como o preço e o modo de pagamento do aluguel. Este modelo contempla a fiança como forma de garantia.

SKU: 201
Modelo para Download

Preço: R$ 24,90


Milhões de brasileiros hoje moram em casas ou apartamentos alugados. Um contrato juridicamente adequado especifica os termos da locação, diminui o risco e ajuda a proteger os investimentos de ambas as partes. Aqui você poderá baixar um modelo de contrato escrito de locação de imóvel com finalidade residencial garantido por fiança: o locatário não poderá dar outra destinação ao imóvel que não a de moradia, salvo expresso consentimento do locador, e terá de encontrar um fiador para garantir o contrato.

Não perca tempo fazendo download de um modelo de contrato genérico e desatualizado encontrado na internet, escrito por qualquer um. Ao utilizar um modelo de contrato preparado por advogados através do Direito Direto, você economiza tempo, dinheiro e muitas dores de cabeça no futuro. Proteja seus direitos

 

Este modelo traz cláusulas importantes para o estabelecimento de um contrato aluguel de imóvel residencial, como:

· Objeto da locação
· Vigência do contrato
· Preço da locação e condições de pagamento
· Obrigações jurídicas do locatário
· Garantia


Ao comprar este pacote, você irá receber:

1. Guia com instruções sobre o preenchimento do modelo de contrato
2. Passo a passo para validação do modelo de Contrato de Locação com garantia mediante fiança
3. Guia para reconhecimento de firma em Tabelionato de Notas
4. Guia para reconhecimento da validade do contrato perante cartório de títulos e documentos
5. Termo de vistoria
6. Modelo de Contrato de Aluguel de Imóvel Residencial


Extras

– O que é e como funciona a fiança?
– Por que realizar o reconhecimento de firma e registro público do contrato de locação?

Especificações do Produto

Produto Modelo de Contrato de Imóvel Residencial
País Brasil
Páginas 6
Dimensões Formatado para folha A4
Compatib. de impressão Impressoras Laser e Ink-jet
Editável Sim (arquivos .doc e .rtf)
Formato Microsoft Word
Adobe PDF
Rich Text Format
Plataforma (compatib.) Windows
Mac
Linux
Disponibilidade Em estoque (Download imediato)
Uso Número ilimitado de impressões
Número do produto #201
Tempo de download Menos de 1 minuto (aprox.)
Acesso ao documento Via URL secreta
E-mail com links para download
E-mail com arquivos (a pedido)

Contratos de locação de imóveis ajustam os interesses de locador, normalmente o proprietário do imóvel a alugar, e de locatário, que deseja utilizar o imóvel locado para determinadas finalidades, sujeitando-se ao cumprimento de algumas condições e ao pagamento pontual do preço contratualmente estabelecido. Numa locação residencial, a finalidade de uso do imóvel é a moradia, ou seja, a habitação familiar. É frequente
encontrar nos contratos de locação uma cláusula de garantia, que ampara o locador nas hipóteses de danos causados pelo locatário durante o prazo da locação ou mesmo de não pagamento do valor do aluguel.

Segundo dados do IBGE, aproximadamente 32 milhões de brasileiros vivem de aluguel, isto é, moram em casa ou apartamento de que não são donos. Morar de aluguel significa, juridicamente, celebrar um contrato de locação de imóvel com finalidade residencial. Não é raro que este contrato seja feito apenas verbalmente, sem que as
cláusulas sejam redigidas por escrito e formalizadas num instrumento contratual particular.

Alguns problemas frequentes poderiam ser evitados caso fossem adotadas simples precauções, como a elaboração de um contrato escrito bastante simples, em que seja tornado claro o que ficou combinado entre locador e locatário. Além da descrição do imóvel locado em cláusula contratual própria – objeto do contrato -, é conveniente que o locador acompanhe o locatário para a realização de uma vistoria na casa ou apartamento que vai alugar. Tudo quanto for constatado nesta vistoria deverá ser anotado no chamado relatório de vistoria, para que um termo possa ser assinado, amparando tanto o proprietário quanto o locatário diante de conflitos futuros. No relatório deverá constar o número de cômodos ou peças do imóvel, bem como o estado de conservação de cada um deles e dos respectivos móveis, em caso de locação de imóvel já mobiliado, sem esquecer das instalações hidráulicas e elétricas. Assinado o termo de vistoria, os contratantes asseguram que estão cientes das condições atuais do imóvel, comprometendo-se o locatário a conservá-las. No modelo aqui oferecido, o
termo de vistoria é parte integrante do contrato de locação.

A periodicidade, o meio e a forma de pagamento devem ser ajustadas de modo objetivo, exato. Quando se trata de tirar dinheiro do bolso, melhor redobrar a atenção. Quando, como e onde deverá ser pago o aluguel? Tudo isso deverá ser respondido no contrato escrito. Também assim, já deve se deixar claro o modo de reajuste do valor do aluguel, bem como o valor das multas para as hipóteses de atraso no pagamento.

Numa locação residencial, é frequente e conveniente pactuar por escrito uma proibição de que o locatário destine o imóvel alugado a uma finalidade diversa da moradia. Esta proibição pode ser excepcionada mediante consentimento expresso do locador.

Os prazos de duração do contrato, indicando expressamente termo de início e termo final, devem ser registrados no contrato escrito, com especial atenção para o prazo de desocupação de um imóvel já alugado a terceiro: o locador precisa garantir de que o imóvel estará vazio na exata data combinada.

O locatário ainda pode exigir uma dentre diferentes formas de garantia do contrato disponíveis na lei: caução ou fiança ou seguro-fiança ou o seguro título de capitalização. Na hipótese da fiança, exige-se que uma ou duas pessoas sejam oferecidas como fiadoras do contrato, assumindo a responsabilidade do pagamento do aluguel, por
exemplo, nas hipóteses de não pagamento pelo locatário.

O modelo de contrato de locação de imóvel residencial garantido por fiança oferecido pelo Direito Direto oferece um ponto de partida seguro para que você possa regular sua relação jurídica concreta de locação de imóvel. Este modelo contém cláusulas típicas, cuidadosamente elaboradas, que devem fazer frente às necessidades mais corriqueiras daqueles que resolvem pactuar um aluguel de imóvel para finalidade residencial,
optando pela fiança como forma de garantia.

Com um pouco de esforço, é possível fazer direito, de modo direto: sem intermediações
e economizando um bom bocado.

Você também poderá se interessar:

Envie seu comentário

*